[Covid-19: nova variante permanece em superfícies por mais tempo, mantendo a limpeza como aliada no combate ao coronavírus ]

Mantenha o ambiente sempre higienizado para evitar o contágio da nova variante.

Um estudo científico feito por pesquisadores da Universidade de Medicina de Kyoto, no Japão, e ainda não revisado por pares, mostrou que a variante Ômicron tem maior capacidade de sobreviver em superfícies do que as cepas anteriores do coronavírus. O que faz com que voltemos nossas atenções a importância da limpeza e desinfecção de ambientes e itens, além da higienização das mãos e outras medidas que já estão sendo adotados pela maioria das pessoas.

A pesquisa focou na capacidade de sobrevivência das diferentes cepas – alfa, beta, gama, delta e ômicron. Foi detectado que a mais recente variante do vírus resiste 21 horas sobre a pele humana e até 193 horas (oito dias) em superfícies plásticas, enquanto a cepa originária de Wuhan apenas 56 horas.

Como prevenção tem sido a palavra-chave do momento, o que podemos fazer é mantermos todas as medidas de precaução, como distanciamento, evitar locais fechados e com pouca ventilação, higienização das mãos de modo constante, além da limpeza e desinfecção de todos itens e ambientes.

Para a desinfecção de ambientes em que a circulação é maior, por exemplo, é necessária a contratação de equipes especializadas, já que exige o manuseio de produtos específicos. “Na RS Serviços temos treinamento constante dos nossos colaboradores que atuam nas frentes de limpeza e desinfecção, sempre atentos às mudanças do cenário”, afirma Ana Lúcia Alves, líder de treinamento da RS Serviços.

Transmissão – É importante salientar que a Organização Mundial da Saúde (OMS) adverte que a transmissão da Covid-19 ocorra principalmente durante o contato pessoal próximo e por meio de aerossóis em espaços mal ventilados ou lotados. Mas também reconhece que as pessoas podem se infectar ao tocar nos olhos, nariz ou boca ao terem contato com objetos ou superfícies contaminadas.

Quadro atual – O que temos acompanhado com relação a pandemia de Covid-19 é um aumento da média móvel de mortes se comparada a duas semanas atrás, com taxa de 765 vidas perdidas por dia. Já o número de casos diários segue na faixa de 164.433 infecções por dia.

Por isso, é importante que ninguém baixe a guarda e que todos sigam sendo precavidos.