[Dia do porteiro: conheça um pouco mais essa profissão ]

Seu nome, por favor! Um documento com foto, por favor! Olá, com qual unidade deseja falar? Boa-tarde, o Senhor Alberto está aqui na portaria. Bom-dia senhora Maria, chegou uma encomenda em seu nome! Essas são algumas das interações que muitos de nós temos com o porteiro de condomínios residenciais ou comerciais no dia a dia, mas você já parou para pensar na importância que um profissional desse tem? O porteiro é o responsável por monitorar quem entra e sai dos condomínios, comércios e indústrias, seja a pé ou de carro. Ele contribui diretamente com a segurança dos espaços e realiza a triagem e identificação de cada pessoa que passa por ali todos os dias ou esporadicamente. O porteiro é responsável por aplicar todas as técnicas de segurança para que o acesso ao local seja feito de forma adequada e segura. No mês de junho, temos duas datas em comemoração a eles no Brasil. O dia 9 foi instituído o Dia do Porteiro pela Federação Nacional dos Sindicatos de Trabalhadores de Edifícios e Condomínios. Porém, no Rio de Janeiro, a data é comemorada mais ao final do mês, no dia 29, de acordo com a Lei nº 8, de 12 de dezembro de 1975, em seu Art. 1º: “Fica instituído como Dia do Porteiro a data de 29 de junho, dia consagrado aos festejos de São Pedro, conhecido através dos séculos como o Porteiro do Céu”. De acordo com Ronaldo Teiga, do setor operacional da RS Serviços, é muito importante que esses profissionais sejam qualificados e treinados, pois eles são fundamentais para garantir a segurança e o bom atendimento de todos quando falamos em condomínios e em outros diversos segmentos, como comércios e indústrias. “A RS Serviços atua em todas essas frentes e disponibiliza profissionais experientes e preparados por meio de treinamentos constantes, tecnologia e processos certificados pela ISO 9001”. Você já teve contato com um porteiro hoje? Dê os parabéns a esse profissional que se manteve atuante em meio à pandemia e que sempre está disposto a zelar pelo seu local de trabalho. *Ronaldo Teiga, gerente operacional da RS Serviços, tem formação na área de gestão em logística, extensão em gestão de processos e é pós-graduado em Sistemas de Gestão Integrados (SGI). Atua na área há mais de 15 anos, dos quais mais de cinco são na RS Serviços. Profissão: Porteiro Rogério da Rocha tem 39 anos e desde os 18 anos atua em portarias. Ele conta que não escolheria outra profissão e sabe qual é a sua importância. “Porteiro é uma figura extremamente importante na vida de um condomínio. É ele quem recepciona os moradores e também os seus visitantes, ou seja, ele é a primeira impressão, o cartão de visita do local”. Ao longo dos anos, Rogério foi se aperfeiçoando e realizou diversos cursos, os quais ele sabe que são de muita valia para sua função, que exige habilidades múltiplas. Fez cursos na área de vigilância, vigilância de segurança privada pessoal (VSPP), bombeiro civil, técnico em enfermagem, técnico em segurança do trabalho, grandes eventos e extensão para carro forte. “Sempre busquei o melhor e não paro de estudar. Agora, estou cursando gestão em segurança privada”. O profissional explica que o modo como é feita a abordagem em uma portaria é de extrema importância e que a aparência conta ponto a favor: “estar sempre bem vestido e asseado contribui para um ambiente de trabalho harmônico e passa um ar de profissionalismo e autoridade”. Rogério conta que nem só de controlar a entrada e saída de pessoas e veículos nas dependências se faz um bom profissional. Dentre os pontos que ele destaca estão: “manter sigilo sobre as informações as quais se tem acesso. Fiscalizar e guardar o patrimônio. Orientar as pessoas sobre seus destinos de forma correta e até mesmo fazer pequenos reparos para manter tudo em pleno funcionamento”. Para seus amigos de profissão, Rogério, que já está na profissão desde os anos 2000, deixa um recado: “fé, conquista e honestidade”.