[Logística: um setor em crescimento]

Em meio à crise instalada no Brasil e no mundo por conta da COVID-19, muitos setores tiveram queda em seu faturamento, porém, no setor de logística, muitas empresas que se adaptaram conseguiram alavancar seu crescimento ou ao menos manter suas receitas. Um dos motivos para o setor de logística estar em destaque dentro do panorama atual é o aumento do comércio eletrônico. Empresas de diversos segmentos tiveram suas vendas on-line aumentadas por conta do isolamento social e com isso veio a necessidade de um melhor planejamento em suas entregas, tornando a logística algo crucial para impulsionar os negócios. De acordo com o relatório divulgado pela mastercard economics institute, as vendas on-line saltaram significativamente, de cerca de 10% para 16% no pico da pandemia. Embora a adoção do e-commerce na América Latina seja menor se comparada a outras regiões, é esperado que cerca de 20% a 30% da migração para esse tipo de comércio seja permanente após o fim do isolamento. Ainda de acordo com o documento, 46% dos brasileiros fizeram compras pela internet no período de pandemia, sendo que desses, 7% se utilizaram desse meio pela primeira vez.O crescimento do setor exigiu do varejo uma adaptação rápida e eficiente. Por consequência, as empresas de logística também precisaram se reinventar para se manter no mercado e atender a essas demandas, que estão em constante modificação. “Infelizmente, com a pandemia muitos concorrentes não conseguiram manter a qualidade nos serviços, mas nós passamos a ampliar o atendimento, tendo inclusive que nos adaptar para atender novos públicos e solicitações, com novas regras e horários em relação aos nossos serviços de coleta e entrega de mercadorias”, afirma Telmo Cadore, sócio-diretor da Cadore Transportes & Logística. Adaptações, contratações e terceirizações para alavancar a logística Segundo Simoni Uchôa, analista de RH da Cadore Transportes & Logística, após um primeiro momento crítico, houve um aumento da demanda e foi necessário contratar mais colaboradores. “Tudo que tem na Santa Efigênia, 25 de março e Brás transportamos. Alimentos, roupas, produtos químicos (com licença), brinquedos, itens para pets, ou seja, são itens bem variados. No começo da pandemia sentimos uma queda geral em tudo, pois só podiam serviços essenciais. Produto de limpeza foi um item que cresceu no início. Em contrapartida, o comércio de brinquedos, por exemplo, caiu muito. Depois de um tempo, a venda on-line começou a funcionar muito bem e todos tiveram de se reinventar, e então passamos a ter aumento nos diversos segmentos”. Para manter o lucro em meio à pandemia, a transportadora que atua na região sul e sudeste do Brasil no transporte rodoviário – modal mais utilizado no Brasil – teve que rever seus métodos e se adequar ao contexto dos clientes. “Eles passaram a criar suas normas e procedimentos e foi necessário adaptação com este novo cenário”, explica Cadore. Foco na logística para resultados Terceirizar parte do serviço que não são a atividade-fim pode ser a solução para focar nas atividades que demandam mais técnicas de logística em empresas do ramo. Com a crescente preocupação que a situação exige com relação à limpeza, uma boa saída para não centrar os esforços das equipes nisso é a contratação de uma empresa especializada no setor. “Realizamos a terceirização de área de limpeza e estamos avaliando novas possibilidades”, conta Simoni. Empresas como a RS Serviços vêm como solução com equipes bem treinadas e preparadas para limpeza e desinfecção dos espaços. “Contratar uma prestadora de serviços com foco em limpeza para adotar métodos mais eficazes no combate ao Coronavírus, implantação de cronograma de trabalho e checagem da limpeza, evitando maior contaminação, foi essencial. Principalmente por atender público interno e externo, colaboradores e clientes”, ressalta Simoni. “A terceirização desses serviços com certeza agrega muito, não só em uma transportadora, mas em diversos segmentos. Por não ser o nosso foco, sentimos a necessidade de contratar profissionais na área pensando também no combate à Covid- 19. Estamos falando de serviços essenciais, por isso, a limpeza praticada pelos profissionais da RS Serviços na Cadore faz toda diferença para que o serviço possa ser entregue de forma segura”, conclui Cadore.