[RS Serviços ganha certificação global de ótimo lugar para trabalhar ]

A RS Serviços acaba de receber a certificação Great Place To Work (GPTW). Essa é a primeira vez que a empresa participa da avaliação e já obteve a aprovação. Uma prova de que a RS é um ótimo lugar para trabalhar. O selo visa reconhecer as boas organizações que têm bons ambientes de trabalho e aprovação de pelo menos 70% dos colaboradores. A RS obteve 88% de aprovação. Isso demonstra que a empresa está trilhando o caminho da forma correta, valorizando seu ativo mais preciso: os colaboradores, que fazem a RS ser excelência no atendimento. A obtenção da certificação é resultado de um trabalho constante de uma equipe multidisciplinar e seus gestores, que sabem que um colaborador satisfeito e que trabalha em um ambiente saudável estimula o crescimento da própria empresa. De acordo com site da empresa global GPTW, “Uma empresa que possui um reconhecimento do Great Place to Work, obtém resultados financeiros mais sustentáveis, tem menores taxas de rotatividade, garante a visibilidade de seu negócio e marca no mercado”. Para Clovis Keller, CFO da RS, a satisfação de receber o selo vai além de resultados palpáveis para a empresa, ela tem foco no lado humano. “Estamos muito orgulhosos de vermos que as ações da empresa estão alinhadas ao nosso propósito, que é atender bem todas as pessoas. Nada mais correto que a valorização de nossos colaboradores que fazem o nome da empresa”. Como é feita a avaliação? por meio do índice de confiança – Trustt Index – são avaliados cinco pilares da satisfação do colaborador: – Credibilidade: se os gestores passam confiança em suas comunicações, competências e integridade. – Respeito: checa se o colaborador se sente respeitado por seus gestores. – Orgulho: O sentimento de pertencimento é verificado nesse quesito. – Imparcialidade: envolve o conceito de justiça dos líderes. Se a equidade se faz presente no ambiente de trabalho. – Camaradagem: avaliação do companheirismo dentro da empresa, ou seja, se há apoio de colaboradores e líderes. Há também a pesquisa Culture Audit, que avalia mais cinco critérios: – Autonomia para os colaboradores; – Benefícios; – Salários; – Abertura para inovação; – Oportunidade de crescimento. “Estamos muito felizes de estarmos no caminho certo por meio de ações que valorizam todos que trabalham aqui. Valorizamos muito a educação, o respeito, a ética, o trabalho em equipe e a fé em Deus. Tudo isso nos norteia e percebemos que a companhia como um todo compartilha disso. Estamos alinhados ao propósito e à visão de negócio para o futuro da empresa: o respeito por todos”, conclui Clovis.