[Tecnologia aqui e agora]

Confiram:

Em mundo em constante movimento, com mudanças cada vez mais velozes, a tecnologia passou a ser incorporada no dia a dia dos cidadãos de maneira ágil e foi ganhando espaço em diferentes segmentos. Os Jetsons não são mais a família do futuro e tudo parece ser até mesmo nosso momento presente quando nos lembramos da família da série animada de televisão produzida por Hanna-Barbera. Soluções de automação já são corriqueiras em ambientes de uso coletivo como em shoppings e aeroportos e as facilidades da inteligência artificial já são realidade em algumas casas.

É certo que não temos uma Rosie, robô que faz todos os serviços de casa e interage com humanos, nem mesmo fazemos viagens à lua com a frequência de quem vai ao litoral. Mas já é possível acionar máquina de lavar de modo remoto e chegar em casa e ter roupa limpa e seca, conversar com alguém que está do outro lado do mundo por vídeo, ter um robô que aspira a casa toda e um relógio inteligente que traz mais do que somente as horas. Isso tudo nos faz pensar que em 2062, ano em que a série Os Jetsons se passa, teremos muitos avanços que nem se quer foram pensados para a animação. 

As tecnologias surgem com algum propósito e, de acordo com a Wikipedia, a famosa enciclopédia colaborativa, elas aparecem para satisfazer três requisitos: utilidade, usabilidade e segurança. Ou seja, para tornar bens e serviços mais úteis, fáceis de usar e seguros. 

Empresas e a tecnologia

A tecnologia aliada a sistemas integrados em condomínios visa aumentar a segurança de moradores e facilitar o trabalho dos colaboradores que atuam nos locais. De acordo com a pesquisa da Associação Brasileira das Empresas de Sistemas Eletrônicos de Segurança (ABESE) sobre o panorama do mercado em 2021, no topo dos itens essenciais de tecnologia, produtos e serviços que façam com que as pessoas se sintam mais seguras são os mais listados pela humanidade. E foi pensando nessa solução, que a RS Serviços investiu em uma marca de segurança eletrônica para atender o mercado e ampliar a vasta gama de serviços que possui. A IESS by RS Serviços fornece tecnologia agregada aos serviços certificados ISO 9001. “Sabemos da importância da evolução constante de nossos serviços e trazermos soluções que aliem nossa expertise em mão-de-obra especializada a tecnologias é fundamental nesse processo”, afirma Clovis Keller, CFO da RS Serviços. 

Essa junção traz para a RS uma gama de serviços de infraestrutura de tecnologia da informação e telecomunicação, implantação de procedimentos de segurança formatados por Gestores de Segurança, engenharia especializada em controle de acesso e redes, além de tecnologias como câmeras com leitura de placas veiculares, leitores faciais com medição de temperatura e uso de máscaras e APP para visualização de imagens, registros de entrada e saída e demais ações.

Tecnologia a favor da Lei

O governador João Doria sancionou, no último dia 15, o projeto de lei 108/20 que torna obrigatória aos condomínios residenciais e comerciais a comunicação aos órgãos de segurança pública a ocorrência ou indícios de casos de violência doméstica contra mulheres, crianças, adolescentes e idosos. A nova lei estadual (17.406/21) estabelece que a denúncia seja encaminhada pelo síndico ou a administradora condominial em até 24 horas após o fato. 

Nesse sentido, a tecnologia também vem para auxiliar no cumprimento da Lei, já que o monitoramento realizado 24h por meio de câmeras e demais procedimentos são excelentes ferramentas a favor dos condomínios na vigilância de casos como os citados.